Devemos “aguentar” o Temer?

26 AGO 2017
26 de Agosto de 2017

Mesmo que o Michel Temer esteja merecendo cair por causa de vários erros e até de eventuais crimes, é conveniente para o país despachá-lo para fora do governo e até manda-lo para o xilindró agora? Ou será melhor aguentarmos o Temer mais um pouco no governo para não se “bagunçar” mais ainda a situação política? Todos sabemos que os crimes vem sendo cometidos aos montes, mas, infelizmente, o país está refém da governabilidade, porque dela depende a economia. E da economia depende a vida dos brasileiros. Então, num raciocínio bem simples, acho que esta “inconha” que é o Temer e alguns ministros, que, igualmente, estão atolados na corrupção, devem ser tolerados um pouquinho mais, até a eleição de 2.018. A nossa economia está na UTI, respirando por aparelhos e precisando desesperadamente de alguma melhora. Qualquer problema mais sério para o paciente Brasil agora, o estado de coma é inevitável! 

Mas, chegando as eleições de 2.018, mesmo aos trancos e barrancos, vamos caprichar no voto, não elegendo os que estejam envolvidos em acusações de corrupção. Qualquer candidato a presidente, senador e deputado com qualquer envolvimento suspeito de maracutaia, de qualquer tipo de bandalheira, deve ser mandado para o espaço, deve ser repudiado de todas as formas. Lá na frente, essa “turma” que roubou, que enriqueceu à custa da miséria de muitos brasileiros, deve ir para a cadeia, inexoravelmente. Para eles, o STF – Supremo Tribunal Federal, mesmo contra a vontade de alguns de seus ministros, deve cumprir o seu dever, agindo com correção e honestidade, obedecendo a lei. É o mínimo que se espera da mais alta corte de justiça, doa a quem doer! Confesso que gostaria muito de ver muitos medalhões da política fazendo companhia a Sergio Cabral, Eduardo Cunha, Antônio Palocci e outros que estão, merecidamente, vendo o sol nascer quadrado!

Voltar

Faça a sua Utilidade Pública  e  Seu Apoio Cultural

3773-3700 / 3772-1086