Um juiz ganhando R$ 503.900,00???

02 SET 2017
02 de Setembro de 2017

A presidente do STF – Supremo Tribunal Federal, Carmem Lúcia, está fazendo um trabalho que considero sensacional, no que se refere a uma verdadeira devassa dos salários da Justiça brasileira. Existem juízes e funcionários do alto escalão judiciário que chegam a receber valores muitas vezes superiores ao teto máximo que é de R$ 33,700,00 por mês. Este deveria ser o valor máximo. Mas, através de artifícios jurídicos envolvendo indenizações, gratificações, benefícios, auxílios, etc., etc., um monte desses servidores públicos tem embolsado uma dinheirama formidável, à custa do suado dinheiro dos contribuintes. São super salários absurdos! Um caso vergonhoso é o do Juiz Mirko Vincenzo Giannote, do Mato Grosso, que recebeu no mês de julho a “bagatela” de R$ 503.900,00. Vencimentos no judiciário de 50 mil, 70 mil, 100 mil reais têm sido comuns. E aos milhares! A nossa justiça, que deveria ajudar a controlar os desmandos, lamentavelmente, tem dado um péssimo exemplo. É óbvio que existem juízes que estão fora dessa bandalheira e que pautam por conduta correta. 

 

Estamos torcendo para que a ministra Carmem Lúcia tenha êxito e consiga consertar um punhado de coisas erradas na nossa justiça. Outra boa atitude da Carmem Lúcia tem sido uns “apertos” no seu colega do STF e atual presidente do STJ – Supremo Tribunal de Justiça, Gilmar Mendes, que vem ajudando a envergonhar os seus colegas. Ela tem questionado o “soltador” de alguns acusados na Lava Jato. Ele, Gilmar, chegou ao absurdo de não se considerar impedido para julgar habeas corpus de um seu compadre. Sim, seu compadre, pois ele, Gilmar, fora padrinho de casamento da filha do acusado. Uma vergonha! Se a nossa justiça não agir corretamente, o que esperar do resto dos políticos do nosso país?

Voltar

Faça a sua Utilidade Pública  e  Seu Apoio Cultural

3773-3700 / 3772-1086